Paciente com Câncer não é cobaia!

Cobaia é o nome que se dá a um animal usado em experiências científicas de medicina e biologia para testar a ação benéfica ou maléfica de uma determinada substância. Esses estudos com cobaias são chamados estudos “in vivo” e não são determinantes para afirmar segurança e eficácia de qualquer substância. Após esses estudos, a depender dos resultados, os pesquisadores partem para os estudos chamados ensaios clínicos em Humanos.
Trabalhos em seres humanos com câncer são extremamentes complicados de serem feitos devido à complexidade da doença e do seu tratamento. Testar fitoterápicos e compostos bioativos em pacientes com câncer durante quimioterapia é muito complicado, devido às possíveis interações entre eles. Por isso que AINDA existem poucos estudos que mostrem segurança e eficácia do uso de cápsulas fitoterápicas “milagrosas” para serem usadas durante o tratamento oncológico.
E por que atualmente alguns profissionais insistem em dar aulas mostrando receitas de fórmulas prontas com doses e indicações sem nenhum respaldo científico demonstrando isso? E o que leva aos outros profissionais saírem copiando e prescrevendo essas fórmulas para seus pacientes?
O papel do Nutricionista quando atende o paciente oncológico deve ser focado em COMIDA! Existem uma série de estratégias nutricionais que podem ajudá-lo. Porque a insistência em dar mais e mais comprimidos durante a quimioterapia? Não já basta a quantidade de medicamentos que ele está tomando neste momento?
O paciente com Câncer já está bastante fragilizado com o impacto da doença e do seu tratamento.

Será que ele merece ser tratado como cobaia?

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *